Fiandeiras da Terra: Círculo do Sagrado Selvagem Feminino

Há um lugar onde toda mulher é intimamente ligada as forças que sustentam a vida. A sabedoria que corre pelos solos, pelos rios e os ventos da Terra é a mesma que percorre o corpo da Ancestral Materna.

 

Na pré-história, comunidades humanas harmonizavam-se com os ritmos da Terra e organizavam-se de maneira onde homens e mulheres participavam de um modo de vida cooperativo e integrado. A vida era mais frágil e a sobrevivência como espécie dependia da habilidade dos povos se alinharem com as leis da Natureza. Aqui a Grande Deusa era adorada e a dimensão feminina atuava como poder agregador e central, representando a consciência do mundo natural e das forças místicas.

Com o tempo nos distanciamos dos ritmos primais da Natureza. Vivemos há séculos, um paradigma que impõe a razão como principal meio de relação com o mundo e nos distancia das experiências do sagrado. A dimensão feminina foi removida da equação, e a natureza selvagem da mulher tornou-se alvo de perseguição na história, bem como a destruição da Natureza e seus sistemas sustentadores da vida. Sentimos a humanidade doente e em desarmonia consigo e com a terra.

1ndia-guaja-amamenta-porco-do-mato-pratica-comum-tambem-com-filhotes-de-lobo-ajudou-na-aproximacao-com-os-humanos

 

Fiandeiras da Terra é um círculo destinado a retomar este equilíbrio perdido e nutrir as forças do feminino que vivem em nós: aquilo que nos impele a coesão, a comunhão, as alianças, as forças contidas na criação, no acalentamento, na ligação com os elementos, na sabedoria ancestral. Como presenças espirituais e psicológicas, nos conectam com a vida, com os círculos de nascimento, morte, renovação, e com os mistérios contidos no cosmos.

Fiando um caminho xamânico, os encontros buscam reaproximar a mulher aos ensinamentos da Terra, fortalecendo os dons e medicinas que habitam em cada uma. Nos entregaremos também a jornada de compreender, acolher e sanar nossas dores, auxiliando a curar as marcas ancestrais do sofrimento de nossas antepassadas. Experimentaremos o nosso feminino em suas multifacetadas qualidades e arquétipos, conhecermos a nossa plenitude e celebrarmos juntas com beleza, poesia e amor.

Nas forças que tecem a vida, o amor é a ligação generosa e incondicional, que flui ininterruptamente como ato biológico de preservação. Este caminho nos aponta o retorno do sagrado feminino, que traz no seu seio o cuidado, a transformação, e a aliança entre todo os seres.

 

FIAR E TECER:

A Tecelã, o tear, os atos de fiar e de tecer, são imagens arquetípicas universais frequentemente encontradas em contos e mitos. Em muitas culturas tradicionais, este é o lugar que conserva os mistérios, cria sentido e vínculo com o cosmos e traz a manutenção da vida.

Tecer e fiar é a casa da Grande Mãe, da Deusa, figura divina e central dos primórdios. Ela é o início, a cuidadora dos ciclos, das estações, do tempo, e do destino dos seres. Ela abarca tudo na natureza. Como mulheres e guardiãs dessa força, fiaremos nossas histórias, nossos vínculos com as energias contidas na natureza, transfigurando e resignificando nosso lugar no mundo.

abuelas em circulo

ESTRUTURA DOS TRABALHOS:

CÍRCULO FIANDEIRAS DA TERRA COM RITUAIS DE AYAHUASCA acontecem em ciclos de 3 encontros cada.
Cada encontro contém em si um caminho autônomo com começo, meio, e fim. Isso permite com que as participantes possam acompanhar e aproveitar os encontros individuais, caso não consigam se comprometer com o ciclo inteiro. No entanto, como ciclos, os encontros são interdependentes, e cada passo tem destinado um caminho de construção e aprofundamento.

Os encontros são sustentados numa tríade lunar, ou no arquétipo da Deusa Tríplice. A cada círculo, dedicaremos nossos corpos e olhares para uma dessas três forças que residem em nós: a donzela, a mulher e a anciã.Cada arquétipo da Deusa Tríplice ou energia originária da criação mantém uma conexão vibratória com todos os elementos e reinos. Cada uma contém sua manifestação dos dons, saberes, potências e qualidades divinas.

CAMINHO:
Cada encontro nutre um dia ritualizado de vivências, meditações, exercícios e trocas, seguidos de um ritual de cura com medicinas sagradas (ayahuasca e rapé). O ritual tem a função de aprofundar e fortalecer o que será vivido pelo círculo e tratar das complexas marcas e padrões ancestrais que carregamos.

Teceremos:
* Harmonização e formação da egrégora do círculo;
* Exercícios de cuidado e acolhimento;
* Trabalhos com a energia xamânica e selvagem da mulher;
* Rodas de diálogo e troca;
* Compreensão e cura do sofrimento, dores e opressões presentes e ancestrais na linhagem feminina;
* Desenvolvimento das conexões com os ciclos, os elementos e a sabedoria presente na Natureza;
* Abertura para a medicina única de cada mulher – fortalecendo sua expressão no mundo;
* Artes expressivas e rodas de canto e poesia.

CÍRCULO FIANDEIRAS DA TERRA – O CAMINHO DAS ERVEIRAS ALQUIMISTAS

Este trabalho abrange quatro círculos xamânicos, alimentados pela sabedoria das ervas, das abuelas e suas tradições de cura. Cada iniciação terá como pilar central um elemento da natureza e um círculo de ervas. Deste lugar, as mulheres desenvolverão práticas de conexão para acessar suas medicinas e potências. Em todos os encontros as participantes aprenderão técnicas ancestrais de cura e ferramentas xamânicas, para dar continuidade ao seu próprio caminho com esses alicerces ancestrais. 
Os círculos sagrados percorrem uma jornada com cantos de cura, expressões artísticas e corporais, iniciações com cada elemento, processos integração, desenvolvimento de ferramentas xamânicas, rituais de cura, aprendizados sobre cuidados integrativos da mulher e a jornada no mundo alquímico das ervas.
Cada encontro compõe um espaço para as mulheres trocarem suas experiências, dores e alegrias, acessar os mistérios da pachamama, despertando a curandeira e erveira que habita seu ser.

Em cada iniciação, haverá a confecção de um instrumento de poder vinculado a cada elemento, para as práticas diárias das participantes.

As iniciações fazem parte de um percurso integrado de quatro encontros, mas é possível participar de um só círculo.

CICLOS DE INICIAÇÕES:

ÁGUA
* Instrumento de poder: banquinho para vaporização íntima

TERRA
* Instrumento de poder: unguento medicinal do poder feminino

FOGO
* Instrumento de poder: medicine bowl (cumbuca da erveira) e emplastros.

AR
* Instrumento de poder: abanador xamânico de penas para defumações sagradas

earth weavers

INFORMAÇÕES GERAIS:

VALORES:

FIANDEIRAS DA TERRA: O CAMINHO DAS ERVEIRAS ALQUIMISTAS
R$ 260,00
Inclui: todos os materiais para o percurso, ervas, e o instrumento de poder para cada encontro.
* Pedimos que cada participante traga um prato de comida vegetariana ou vegana, e uma bebida para compartilhar no almoço.
VAGAS LIMITADAS PARA 13 PARTICIPANTES

FIANDEIRAS DA TERRA COM RITUAIS DE AYAHUASCA
R$ 280,00
Inclui: todos os materiais para o percurso, medicinas (ayahuasca e rapé) e café da manhã com sopa vegetariana e frutas.
VAGAS LIMITADAS PARA 10 PARTICIPANTES

FORMA DE PAGAMENTO:
Para reserva de quaisquer círculos, é feito depósito de parcela única em conta corrente com comprovante enviado ao email: contato@florestadosunicornios.org.br

PASSOS PARA INSCRIÇÃO NO FIANDEIRAS DA TERRA COM AYAHUASCA:

Vagas limitadas. Recomendamos inscrição o quanto antes para garantir seu espaço.
Como os encontros contam com rituais de cura com plantas visionárias, toda a mulher que não participou previamente de trabalhos com ayahuasca na FLOU, deverão seguir o mesmo processo de orientação e seleção do instituto:

1.) Entre no menu do nosso site: Medicinas da Floresta.  Leia todas as informações na página, como também assista o vídeo sobre a ayahuasca e baixe os documentos de preparo.
2.) Entre em contato para consultar disponibilidade de vaga.
3.) Envie sua ficha e termos de compromisso preenchidos, assinados e escaneados.

4.) Uma vez aprovada, enviaremos os dados para depósito em conta.
5.) Após o depósito entraremos em contato para marcar entrevista por telefone.
* É necessário leitura de todos os documentos, envio dos mesmos preenchidos e assinados, depósito em conta e entrevista, para confirmação de vaga.

PASSOS PARA INSCRIÇÃO NO FIANDEIRAS DA TERRA – O CAMINHO DAS ERVEIRAS ALQUIMISTAS
Entre em contato através do email: contato@florestadosunicornios.org.br

COORDENAÇÃO: Nih Floresta (Nicole Roitberg)

FACILITADORAS

ni ritual

Nih Floresta (Nicole Roitberg) é antropóloga e educadora para a sustentabilidade. Fundadora do Instituto FLOU, educadora e coordenadora dos eixos sabedoria ancestral e educação para a convivência e da comunicação do instituto. Elaboradora e realizadora dos programas xamânicos. Facilitadora na condução dos rituais através dos cantos, danças sagradas, limpeza com resinas e tabaco, jornadas com tambor e roda do feminino.

Andreia Oliveira é praticante de xamanismo e medicinas da floresta há 20 anos, iniciada em escolas de mistério e magia dos elementos (4 graus de iniciação), estudante de teologia da umbanda, facilitadora de grupos de estudos e práticas terapêuticas na linha da Grande Fraternidade Branca. Canaliza cantos de poder e cura, é estudante de canto lírico e facilita círculos do Sagrado Feminino.

ANDREIA